NOTÍCIA | ARTIGOS SOBRE ESTUDOS JAPONESES

O site da Fundação Japão dispõe artigos de pesquisadores do campo de Estudos Japoneses. Os artigos tratam de temas diversos da cultura e sociedade japonesa, como o budismo, butô, literatura, teatro tradicional, cinema e economia.  Os trabalhos são assinados por pesquisadores como Christine Greiner, Ronan Pereira Alves, Darci Kusano e outros.  O link para acessar os artigos é esse.

Advertisements

NOTÍCIA | FUNDAÇÃO JAPÃO CONTRATA FUNCIONÁRIO

 

Momiji , no templo Yusanji, em Fukoroi. Foto: Victor Hugo Kebbe.
Momiji , no templo Yusanji, em Fukoroi. Foto: Victor Hugo Kebbe.

A Fundação Japão de São Paulo abriu uma vaga para assistente administrativo em seu quadro funcional. Além de serviço de escritório em geral, o contratado dever ser responsável pelo  planejamento de atividades na área de intercâmbio artístico-cultural.  A previsão do início do trabalho é 1º de outubro.Os candidatos, em princípio, devem ter até 35 anos , curso superior completo, nacionalidade brasileira ou japonesa com visto permanente,  conhecimento das línguas japonesa e portuguesa (conhecimento da língua inglesa desejável) , prática em  Word, Excel, Access, Internet, na versão japonesa .

Formulário de inscrição está disponível aqui . Devem também ser enviados currículo documentado, com foto, texto de 400 caracteres sobre o tema “Interesse pela vaga”. Formulário e documentos devem ser entregues pelo correio ou pessoalmente na Fundação Japão em São Paulo Av. Paulista, 37 – 2º andar CEP 01311-902 .

Os aprovados na fase de documentação passarão para a segunda fase, prova escrita e entrevista, que acontece no dia 25 de setembro, das 9h30 às 17 horas, na Fundação Japão. O resultado será comunicado somente para o(a) aprovado(a) no dia 27 de setembro .

MESTRE DE SHAKUHACHI DÁ CONCERTO EM SÃO PAULO


yabuuchi_yousuke

No próximo domingo (11), às 16 horas, o mestre de Shakuhachi, Yousuke Yabuuchi, um dos grandes expoentes da nova geração de músicos, em sua primeira vinda ao Brasil, apresenta  concerto inédito no MASP – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand. Promovido pelo Suizen Dojo, com o apoio da Fundação Japão,Sons do Japão contará com a participação de Tamie Kitahara, mestra de koto, shamisen e canto, presidente do Grupo Seiha Brasil de Koto.O repertório do concerto apresentará performances inéditas dekoten honkyoku, peças originalmente compostas em monastérios para o exercício da prática meditativa através do som. Estas composições, também chamadas músicas do Zen, não apresentam ritmo ou melodias definidas, permitindo que o artista se expresse livremente.

Ainda no repertório, Sankyoku, que literalmente quer dizer música para três instrumentos, apresentado pela mestra Tamie Kitahara e suas alunas, juntamente com mestre Yabuuchi.Uma homenagem ao Mestre Iwami Baikyoku V (1923-2012), um dos maiores nomes do shakuhachi mundial, que imigrou para o Brasil e fundou a Associação de Música Clássica Japonesa de São Paulo, também está prevista para esta tarde, apresentada por Danilo “Baikyo” Tomic, um dos brasileiros pioneiros no shakuhachi, e Matheus Ferreira, fundador do Suizen Dojo.

 Palestra e workshop

Na segunda-feira (12 ), Yousuke Yabuchi apresenta a palestra Som do Zen: A Estética Sonora do Shakuhachi, com  demonstração gratuita  na Fundação Japão, às 18h30. No sábado ( 17,) é a vez de um workshop no Suizen Dojo. Lá, o mestre do shakuhachi falará a alunos de todos os níveis. O Workshop acontecerá na Vila Mariana das 10h as 17h e é a aberto para alunos de shakuhachi, iniciantes ou avançados, e simpatizantes que queiram conhecer o instrumento. Maiores informações e inscrições pelo e-mail: matheus@suizen.art.br. O valor da inscrição é de R$ 150 por pessoa e deve ser pago antecipadamente. Para observadores há um preço especial sob consulta.

Yousuke Yabuuchi

Faz parte da mais antiga linhagem de mestres do shakuhachi com formação no estilo Kinko,  dos mestres Yamaguchi Goro e Aoki Reib, e no estilo Dokyoku, do monge Watazumi Doso e Yokoyama Katsuya. Também incorporou em seu estilo a música de câmara japonesa clássica e contemporânea. Mestre em Música Tradicional Japonesa pela Tokyo National University of Fine Arts, realizou inúmeros concertos de honkyoku, peças musicais do repertório Zen, música clássica e contemporânea japonesas.

Apresentou-se no The National Theater of the Ueno Art Museum, Kioi Hall, The Sougakudou Concert Hall, o mais antigo do Japão, The Tokyo Opera City Hall e no Denju Hall na Korea do Sul.Em 2012, fez parte da trilha sonora e participou do seriado de maior sucesso da TV japonesa NHK, Taira no Kiyomori.

Escute aqui o shakuhachi de Yousuke Yabuchi, ao fundo de uma interpretação de Hidemaro Kunisawa.

NOTÍCIA | EMPRÉSTIMOS DE LIVROS JAPONESES

Revista Jidai, cujo último número é de 1953.
Revista Jidai, nas origens do CENB

As bibliotecas do Centro de Estudos nipo-brasileiros (CENB) e da Fundação Japão são lugares frequentados por pesquisadores de Estudos Japoneses, em São Paulo. O CENB, que tem mais de 60 anos de atividades, além de impressos em português, tem também títulos em japonês, totalizando 4 mil volumes.  Além de livros e revistas, tem uma coleção de diários de imigrantes, como o de Tomoo Handa, escritor e artista plástico, autor da obra O imigrante japonês e um dos primeiros  fundadores do centro. Recentemente, o centro lançou , em japonês, uma biografia de seu patrono.

O CENB é sustentado pelos sócios e por investimentos da associação. A biblioteca também aceita doação de livros em japonês e, caso seja um volume expressivo, pode buscar o acervo na casa do doador.

O pesquisador pode acessar o acervo pelo site e fazer empréstimos pelo correio. A biblioteca da Fundação Japão, além de títulos em japonês, têm também obras em inglês e outras línguas ocidentais. Além disso, possui um grande acervo de audiovisuais: CDs e DVDs, incluindo material didático para estudo da língua japonesa. O acervo pode ser consultado por meio digital e os empréstimos podem ser feitos via correio.

CENTRO DE ESTUDOS NIPO-BRASILEIROS -Rua São Joaquim, n.º 381, 3.º andar, conj. 38, São Paulo – SP. (11) 3277-8616 (segunda a sexta, 14hs às 18hs). E-mail: contato@cenb.org.br

BIBLIOTECA DA FUNDAÇÃO JAPÃO – Av. Paulista,  37 – 2º andar Paraíso   –  São Paulo – SP Tel.: 11 3141-0110 / 3141-0843. E-mail:  biblioteca@fjsp.org.br. Horário:  terça à sexta: 10h30 às 19h30, Sábados:  10h30 às 18h30.

NOTÍCIA | PERSONAGENS DE ANIME SÃO TEMA DE MOSTRA

Namisuke.

Personagens de histórias em quadrinhos e desenhos animados, como Ultraman, Astro Boy, Hello Kitty e Pokémon (Pikachu) estão sendo prestigiados na exposição JAPAN: Kingdom of Characters (Japão: O Reino dos Personagens), que acontece de 7 a 25 de junho,  no Sesc Carmo (Sé), em São Paulo. A mostra, apoiada pela Fundação Japão, examina as circunstâncias culturais e históricas por trás da afeição do povo japonês pelos personagens de mangá e animê, e tece caminhos acerca do futuro dos personagens no Japão contemporâneo.  A mostra será vista em seis capitais brasileiras: Curitiba, Recife, Manaus, Belém, Brasília e Rio de Janeiro.

O que seriam personagens? Por que um certo personagem é criado e qual motivo o torna popular? Os personagens são apresentados em forma de  painéis, vídeos e bonecos. “A existência de produtos com esses personagens é ainda mais significativa. Juntamente com itens comuns como bichinhos de pelúcia e artigos de papelaria, esses produtos englobam uma enorme e variada gama de itens, desde acessórios de moda e artigos de uso diário a anúncios e serviços. Ao longo de cada período, a extensão e a variedade desses itens aumentaram de modo a abranger todas as facetas da vida dos japoneses. Outro aspecto importante é a mudança dos perfis de consumo: de crianças para adultos, de uso familiar para pessoal, de entretenimento para suprimento de necessidades psicológicas.”, afirma Hiroyuki Aihara, presidente da Character Research Institute Co. Ltd, no folder do evento.

A exposição  já passou por vários países como Itália, Taiwan, Hungria, França, Austrália, Espanha, Inglaterra, Malásia, Turquia, que está dividida em quatro partes, apresenta ambientes onde o visitante terá a oportunidade de conhecer e recordar personagens que emergiram ao longo de cada década,  ícones  até os dias de hoje, e apontam vias para compreender as mudanças na sociedade japonesa que  proporcionaram e as possibilidades conceptivas de design de produtos lançados a partir deles.

Outra exposição, No Reino dos Tamagotchis, que acontece de  6 a 28 de junho, resgata alguns mini games da década de 1990. Várias atividades – criação de narrativas, criação de adereços para cosplay,  kirigami – estão programadas para animar essas exposições. Veja a agenda completa aqui.

Serviços

Exposição JAPAN: Kingdom of Characters

7 a 25 de junho de 2013

segunda a sexta, das 9h às 19h30

sábados, das 10h às 16h

Onde: Área de Convivência e Auditório – Sesc Carmo – Rua do Carmo, 147 – Centro – São Paulo – SP (Próximo à Estação Sé do Metrô) – Tel: (11)  3111-7000

 

NOTÍCIA | MOSTRA DE CINEMA POLICIAL EM SP

Recanto secreto (Himitsu no Hanazono), de Shinobu Yaguchi
Recanto secreto (Himitsu no Hanazono), de Shinobu Yaguchi

Com o apoio da Fundação Japão, a Cinemateca Brasileira apresenta, entre os dias 14 e 22 de maio, um ciclo de filmes policiais japoneses, gênero narrativo que ocupa lugar de destaque na cinematografia do JapãoLançada entre os anos 1990 e 2000, a maioria das produções foi premiada em festivais dentro e fora do país. Serão exibidos Recanto secreto (1997), de Shinobu Yaguchi, aventura policial sobre uma jovem que tenta reaver o dinheiro de um roubo a banco, Muita adrenalina(1999), também de Shinobu Yaguchi, comédia policial sobre um casal de jovens que se envolve numa trama de perseguição; Sequestro (1997), de Takao Okawara, filme de suspense sobre o sequestro de um alto executivo; Verão negro – falsa acusação (2000), de Kei Kumai, suspense sobre dois estudante que procuram desvendar os mistérios do ataque com gás sarin ocorrido em 1994 no Japão, uma produção exibida no Festival de Berlim de 2001. O destaque do ciclofica por conta da exibição de Sonatine – Adrenalina máxima (1993)de Takeshi Kitano. Um dos pontos altos da carreira do cineasta, comediante, ator e apresentador de televisãoSonatine – Adrenalina máxima narra a história de um grupo de gangsteres que se refugia numa praia depois de sofrer uma emboscada. O filme concorreu à Palma de Ouro do Festival de Cannes de 1993.

Confira programação e sinopses dos filmes no site da CINEMATECA BRASILEIRA. A Cinemateca fica no Largo Senador Raul Cardoso, 207,
próximo ao Metrô Vila Mariana. Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)

NOTÍCIA | ABRE CONCURSO INTERNACIONAL DE MANGÁ

Cartaz do 7o. Prêmio Internacional de Mangá. Divulgação.
Cartaz do 7o. Prêmio Internacional de Mangá.( Divulgação.)

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão abriu inscrições para o 7º Prêmio Internacional de Mangá.  Haverá prêmios em dinheiro e a Fundação Japão levará os vencedores dos melhores trabalhos para a cerimônia de premiação, no Japão, em janeiro de 2014.

Os trabalhos de mangá (24 páginas ou mais) devem ser produzidos fora do Japão. Podem concorrer tanto  trabalhos publicados como os não-publicados, a não ser os  já apresentados nas premiações passadas.  Os trabalhos devem ser chegar até 31 de maio ao Japão.

Veja mais informações do regulamento aqui e informação do 1º ao 6º Prêmio Internacional de Mangá aqui.  Endereços da Embaixada do Japão e consulados aqui.

Mais informações na Embaixada do Japão no Brasil, pelo telefone (61) 3442-4200 (ramal 252) ou diretamente pelo endereço : SES Av. das Nações Qd. 811 lote 39 – 70.425-900 Brasília-DF, com  Maurício Martinho.